Peru revisa números e alcança maior taxa de mortalidade por Covid-19 do mundo

Quantidade de óbitos passou de 69 mil para 180 mil após mudança na metodologia de contagem recomendada pela Organização Mundial da Saúde

  • Por Jovem Pan
  • 01/06/2021 11h16 - Atualizado em 01/06/2021 17h41
EFE/ Paolo AguilarAtualmente, o Peru registra mais de 5 mil mortes por Covid-19 a cada 1 milhão de habitantes

O Peru reviu o seu balanço oficial de vítimas pelo novo coronavírus e, com isso, acabou elevando o total de 69 mil para 180 mil mortos desde o início da pandemia. As mudanças foram feitas após recomendação de um grupo técnico composto por especialistas peruanos e da Organização Mundial da Saúde (OMS), que notaram que a metodologia de contagem antiga possuía limitações que geravam subnotificação. A partir de agora, entrarão para os registros não só as mortes por casos confirmados de Covid-19 como também os óbitos por “casos prováveis” vinculados a um “caso confirmado” e os “casos suspeitos com quadro clínico compatível com a doença”. “Acreditamos que é nosso dever tornar pública essa informação atualizada”, disse a primeira-ministra do Peru, Violeta Bermúdez, ao anunciar o resultado da revisão nesta segunda-feira, 31. Com o número de óbitos anterior, o Peru era o país com a 13ª maior taxa de mortalidade por Covid-19 do mundo. Agora, ele ocupa o primeiro lugar nesse ranking, com mais de 5 mil mortes a cada 1 milhão de habitantes. Isso significa que o Peru está bem a frente da Hungria, na segunda posição com 3 mil mortes a cada 1 milhão de habitantes.