Policiais atiram 7 vezes contra homem negro nos EUA e causam revolta na população; assista 

O crime provocou a ira da população e manifestantes foram às ruas protestar; carros foram queimados, vidraças de lojas e de restaurantes foram destruídos

  • Por Jovem Pan
  • 24/08/2020 11h04 - Atualizado em 24/08/2020 11h16
ReproduçãoProtesto nos EUA após um homem negro ter sido baleado sete vezes

Jacob Blake, um homem negro estadunidense, foi baleado sete vezes por policiais na tarde do último domingo, 23, na cidade de Kenosha, no estado de Wisconsin, nos Estados Unidos. O crime aconteceu por volta das 17 horas (horário local) enquanto os agentes de segurança respondiam por um inquérito doméstico. Em vídeo [veja abaixo], é possível verificar o exato momento em que Blake abre a porta de um carro e é atingido pelos policiais pelas costas, desesperando uma mulher que acompanhava a cena. Ele foi levado para o hospital em estado grave.

O departamento de polícia de Kenosha ainda não explicou o que motivou a ação dos policiais, mas avisou que o caso está em investigação. O crime causou revolta e manifestantes foram às ruas protestar. Carros foram queimados, vidraças de lojas e de restaurantes foram destruídos. Devido ao manifesto, o prefeito determinou um toque de recolher durante a noite do último domingo. Em pronunciamento, o governador de Wisconsin afirmou que não é a primeira vez que um homem negro é vítima de abuso policial nos Estados Unidos.

“Embora não tenhamos todos os detalhes ainda, o que sabemos com certeza é que ele não é o primeiro homem negro ou pessoa a ser baleada, ferida ou impiedosamente morta nas mãos de indivíduos que fazem cumprir a lei em nosso estado ou país”, afirmou o governador Tony Evers.