Portugal flexibiliza restrições da pandemia para viajantes da União Europeia

Teste negativo para o coronavírus deixará de ser exigido para quem tiver certificado sanitário da UE ou comprovar vacinação; regra passa a valer nesta segunda

  • Por Jovem Pan
  • 06/02/2022 12h37
Banco de imagens/Pixabay Avião pousa no aeroporto Schiphol de Amsterdã Flexibilização de medidas passa a valer nesta segunda-feira, 7

A partir da próxima segunda-feira, 7, Portugal vai flexibilizar as restrições da pandemia da Covid-19 para os viajantes com certificado sanitário da União Europeia (UE), deixando de exigir um teste negativo do novo coronavírus. O decreto foi publicado neste domingo, 6. Os viajantes que “possuírem um certificado digital Covid da UE” ou qualquer outra “prova de vacinação reconhecida” estarão isentos de apresentar um teste negativo ao chegarem ao país, o que era exigido desde o início de dezembro de 2021, segundo a decisão do governo. Como a maioria dos países do mundo, Portugal está enfrentando um surto de novas infecções relacionadas à variante Ômicron do coronavírus. O país informou no sábado, 5, mais de 41.000 infecções em 24 horas e 44 mortes.

*Com informações da AFP