Portugal suspende voos com o Brasil devido à piora da pandemia

A medida é válida a partir de 29 de janeiro e até 14 de fevereiro e coincide com a descoberta de uma nova cepa do coronavírus no Amazonas

  • Por Bárbara Ligero
  • 27/01/2021 14h40
EFE/EPA/MARIO CRUZO presidente reeleito Marcelo Rebelo de Sousa enfrenta recorde de mortes por Covid-19 em Portugal

Portugal anunciou nesta quarta-feira, 27, a suspensão de todos os seus voos com o Brasil devido à “evolução da situação epidemiológica a nível mundial, o aumento dos casos de infecção por Sars-Cov-2 em Portugal e a detecção de novas estirpes do vírus”. Segundo comunicado divulgado no site oficial do governo português, a medida é válida a partir de 29 de janeiro e até 14 de fevereiro, de forma que só ficam permitidos voos para repatriamento de cidadãos da União Europeia ou pessoas que possuem autorização de residência no país europeu, que terão que apresentar resultado negativo para um teste PCR e cumprir quarentena na chegada.

Mais cedo, a Argentina pediu que os voos de entrada e saída para o Brasil sejam reduzidos pela metade, também devido à pandemia do novo coronavírus, Essa medida, no entanto, não tem data para acabar. O governo argentino disse que fará uma “revisão periódica da situação epidemiológica, com vista a restabelecer as admissões o mais rápido possível”. As decisões da Argentina e de Portugal coincidem com a descoberta de uma nova cepa do Sars-Cov-2 no Amazonas que, assim como a detectada no Reino Unido e na África do Sul, pode ser ainda mais contagiosa.