Portugal volta a permitir entrada de turistas brasileiros

Autorização para viajantes é feita mediante apresentação de teste negativo da Covid-19 e preenchimento de formulário obrigatório

  • Por Jovem Pan
  • 01/09/2021 11h30
EFE/EPA/TIAGO PETINGAMedida passa a valer a partir desta quarta-feira

Revogando decisão que barrava a entrada de turistas brasileiros no país até o fim de setembro, Portugal passou a aceitar viajantes do país sem obrigatoriedade de quarentena por causa da Covid-19. Agora, será necessária apenas a apresentação de testes do tipo RT-PCR feitos até 72 horas antes do embarque ou um teste rápido de antígenos feito 48 horas antes da entrada do turista no avião. Crianças com menos de 12 anos não precisam apresentar o documento. A decisão foi publicada no Diário da República do país europeu nesta quarta-feira, 1º, e é válida até o próximo dia 16 de setembro, podendo ser revista caso a situação epidemiológica dos países mude. Além de apresentar o teste, antes de embarcar é necessário que o passageiro brasileiro preencha um formulário com dados pessoais e detalhe a companhia aérea, o número do voo e do assento, a data e hora na qual chegou ao país. A medida deve ajudar no monitoramento de novos casos da doença.

Outra opção para entrada no país é a apresentação de um certificado digital de vacinação da União Europeia. O documento, porém, não é emitido para brasileiros. A entrada de brasileiros para turismo no local estava proibida desde março de 2020. Antes da decisão ser publicada no Diário da República, apenas aqueles que estivessem viajando a negócios ou por motivo de estudos podiam entrar no país. Segundo a plataforma Our World In Data, Portugal tem 73,1% da população totalmente vacinada com as duas doses, o que corresponde a 7,51 milhões de pessoas. Desde o início da pandemia, o país registrou 1,04 milhão de casos e 17,7 mil mortes causadas pela Covid-19. A Jovem Pan contatou o ministério dos Negócios Estrangeiros português para buscar mais informações sobre a permissão, mas não recebeu retorno até o momento.