Presidente da Argentina recebe primeira dose da vacina Sputnik V

Após a aplicação, Alberto Fernandéz reafirmou a segurança do imunizante desenvolvido na Rússia contra a Covid-19, que recebeu autorização para ser aplicado em maiores de 60 anos

  • Por Jovem Pan
  • 21/01/2021 16h32 - Atualizado em 21/01/2021 16h32
EFE/ Esteban Collazo/Presidencia ArgentinaApesar da Argentina ter iniciado sua campanha com a Sputbik V, Fernandéz não descarta compra de outras vacinas

O presidente da Argentina, Alberto Fernandéz, recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira, 21. A aplicação aconteceu um dia depois da agência reguladora do país autorizar o uso da Sputnik V em pessoas maiores de 60 anos, como é o caso do chefe de governo. Após ser imunizado, o presidente agradeceu aos profissionais da saúde e reafirmou, por meio de comunicado, a segurança e a eficácia do imunizante, que é produzido na Rússia. Apesar disso, ele deixou claro que futuramente pretende adquirir outras vacinas “que estejam a disposição”.

A Sputnik V recebeu a autorização da agência reguladora da Argentina e está sendo aplicada no país desde 29 de dezembro, quando o primeiro lote com 300 mil doses da vacina chegaram ao país enviadas pela Rússia. Nesta terça-feira, 19, foi iniciada a aplicação da segunda dose da vacina para as pessoas que receberam a inicial há mais de 21 dias e da primeira dose em maiores de 60 anos.

*Com informações da EFE