Príncipe Philip é transferido de hospital duas semanas após internação

O Palácio de Buckingham afirmou que o monarca, prestes a completar 100 anos de idade, está respondendo ao tratamento, mas deve permanecer nesse novo local pelo menos até o fim da semana

  • Por Jovem Pan
  • 01/03/2021 13h38 - Atualizado em 01/03/2021 17h53
EFE/EPA/ANDY RAINO príncipe Philip vem sofrendo com diversos problemas de saúde nos últimos anos

O príncipe Philip foi transferido de ambulância do Hospital King Edward VII para o Centro Médico St. Bartholomew’s, ambos em Londres, nesta segunda-feira, 1. De acordo com um comunicado divulgado pelo Palácio de Buckingham, o duque de Edimburgo está respondendo ao tratamento, mas mudou o local da sua internação para continuar tratando uma infecção, fazer exames e ficar sob observação para um “problema cardíaco pré-existente”. Ele deve permanecer ali pelo menos até o final da semana. O marido da rainha Elizabeth II foi internado há quase duas semanas após se sentir mal no Castelo de Windsor, onde tem passado a quarentena. Na ocasião, o Palácio de Buckingham já havia descartado a possibilidade do príncipe Philip estar infectado pelo novo coronavírus.

O duque de Edimburgo, que completará 100 anos no dia 10 junho, vem sofrendo com diversos problemas de saúde nos últimos anos. Em dezembro de 2019, ele passou quatro noites tratando uma “condição pré-existente”. Antes de se aposentar das suas funções públicas em 2017, o príncipe já tinha passado por uma cirurgia no abdômen e teve que se submeter a um procedimento para desbloquear uma artéria coronária. Em entrevista à emissora de televisão britânica Sky News, o príncipe Edward reassegurou que o seu pai está “muito melhor”. O príncipe Charles, primogênito do casal, viajou até Londres para fazer uma visita de pouco mais de meia hora ao pai no hospital no dia 20. No entanto, ele não fez nenhum comentário à mídia sobre o estado de saúde do príncipe Philip.

*Com informações da EFE