Quatro pessoas, incluindo um bebê e um adolescente, morrem congeladas perto da fronteira entre Canadá e EUA

Família era da Índia; autoridades estadunidenses acusaram um homem da Flórida de contrabando de pessoas

  • Por Jovem Pan
  • 22/01/2022 10h57
Reprodução/Royal Canadian Mounted Police Tratores da Polícia Real de Montana na neve em busca de uma família desaparecida Família se separou do grupo enquanto tentava atravessar a fronteira entre Canadá e Estados Unidos

Uma família indiana de quatro pessoas, incluindo um bebê e um adolescente, foi encontrada morta na última quinta-feira, 20, em uma parte remota do Canadá perto da fronteira com Minnesota, nos Estados Unidos. A Polícia Montada do Canadá acredita que eles morreram congelados por exposição ao frio ao tentar atravessar para os EUA. Segundo novas informações, a família pode ter sido vítima de uma tentativa de tráfico de pessoas. Na quinta-feira, 21, o escritório do procurador dos EUA em Minnesota disse que Steve Shand, de 47 anos, foi preso ao sul da fronteira na quarta-feira enquanto dirigia dois cidadãos indianos indocumentados.

Segundo a Reuters, em patrulhas na fronteira, os agentes encontraram mais cinco indianos viajando a pé. Uma delas carregava uma mochila pertencente a uma família de quatro pessoas que se separou do grupo enquanto todos tentavam atravessar a fronteira. Após os relatos, a polícia iniciou a busca pelos desaparecidos. “Essas vítimas enfrentaram não apenas o clima frio, mas também campos sem fim, grandes nevascas e escuridão total”, disse comissária assistente da Polícia Montada do Canadá, Jane MacLatchy. Shand foi acusado por tráfico humano e deve ir a julgamento na segunda-feira, 24.