Reino Unido encontra nova mutação da variante Ômicron em 53 pessoas

Cepa BA.2 também foi encontrada em outros países europeus, principalmente na Dinamarca, onde é responsável pela metade das contaminações

  • Por Jovem Pan
  • 22/01/2022 22h14
Idrees Mohammed/EPA/EFE - 03/12/2021 Agente de saúde da Índia coleta saliva de idoso para fazer teste de Covid-19, ao ar livre, em frente a um muro com o grafite de um vírus com cara maléfica Nova cepa BA.2 não se mostra mais agressiva do que as outras

Uma nova mutação da variante Ômicron da Covid-19 foi encontrada em 53 pessoas no Reino Unido. A Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido (UKHSA) informou na sexta-feira, 21, que uma variante irmã da BA.1, o tipo da Ômicron, também foi encontrada em outros países europeus. Essa cepa seria a responsável pelo aumento de casos da doença no país em dezembro. No entanto, não há indicação até o momento de que a cepa BA.2 seja mais grave. Na Dinamarca ela já é responsável de metade das contaminações, mas o governo afirma que as internações não aumentaram e que as vacinas em circulação são eficazes no combate às formas mais graves. A consultora médica chefe da UKHSA, Susan Hopkins, está confiante na eficácia dos imunizantes. “Este último conjunto de análises demonstra mais uma vez que uma dose de reforço da vacina oferece proteção significativa contra hospitalização da Ômicron. As doses de reforço também aumentam a proteção contra infecções sintomáticas e assintomáticas, o que reduzirá a transmissão na população”, explicou.