Reino Unido volta a aconselhar trabalho remoto e aumenta exigência de passaporte sanitário

Medidas, chamadas de ‘Plano B’ pelo governo de Boris Johnson, foram tomadas para evitar a disseminação da variante Ômicron da doença

  • Por Jovem Pan
  • 08/12/2021 16h59
EFE/EPA/ANDY RAIN O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Jonhson, usando máscara Primeiro-ministro do Reino Unido falou sobre novas restrições em coletiva de imprensa

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou nesta quarta-feira, 8, novas medidas restritivas para tentar evitar uma nova onda da Covid-19 na região da Europa. O movimento, chamado “Plano B”, vai retomar o teletrabalho, estender a abrangência do passaporte sanitário – que passará a ser cobrado em qualquer lugar fechado que tenha a presença de mais de 500 pessoas e qualquer evento aberto com mais de 4 mil pessoas – e aumentar a obrigatoriedade do uso da máscara em locais como parques e teatros a partir da sexta-feira, 10. “Empregadores devem usar o resto da semana para discutir os arranjos de trabalho com seus funcionários, mas, a partir da segunda-feira, se você puder, deve trabalhar de casa”, pontuou Johnson em coletiva de imprensa realizada em Downing Street.

O tom da coletiva anunciando o reforço das medidas sanitárias foi de preocupação e especialistas da área da saúde mostraram gráficos registrando a alta de casos na África do Sul diante da variante Ômicron. O país, porém, tem baixa taxa de vacinação se comparada à nação europeia. Testes diários serão adotados para aqueles que tiverem contatos com pessoas infectadas e a necessidade da população receber a dose de reforço da vacina foi ressaltada pelo primeiro-ministro. “Assim que ficar claro se as vacinas são capazes de conter a variante e nós conseguirmos dar doses de reforço suficientes para manter as infecções em equilíbrio, vamos poder continuar avançando como fizemos antes”, declarou. Ao todo, 568 casos da nova cepa foram confirmados em todo o Reino Unido, mas a estimativa do secretário de Saúde do país, Sajid Javid, é de que os “números reais” cheguem a 10 mil.