Rússia afirma que controla zonas residenciais de Severodonetsk, cidade crucial no leste da Ucrânia

Cidade é uma das principais frentes de batalha da guerra entre os dois países neste momento

  • Por Jovem Pan
  • 08/06/2022 01h49
ARIS MESSINIS / AFP Fumaça sobe de explosões ocorridas na cidade de Severodonetsk Severodonetsk está sob ataque russo nos últimos dias

A Rússia reivindicou nesta terça, 7, o controle de todas as zonas residenciais de Severodonetsk, cidade estratégica no leste do Donbass, onde as tropas da Ucrânia lutam contra unidades russas mais numerosas, segundo Kiev. “As zonas residenciais de Severodonetsk foram libertadas por completo”, declarou o ministro russo da Defesa, Serguei Shoigu, em um discurso exibido na televisão. O exército russo ainda tenta controlar “a zona industrial e as localidades vizinhas”, acrescentou. “Não controlam a cidade”, rebateu nesta terça-feira à noite Serguei Gaidai, governador da região de Luhgansk, onde encontra-se Severodonetsk. O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, que havia alertado que as forças ucranianas na cidade estavam em menor número, disse que “a situação no frente não mudou significativamente nas últimas 24 horas”.

Depois de fracassar na tomada de Kiev, as forças russas concentram a ofensiva no Donbass, uma bacia de mineração no leste do território e parcialmente controlada por separatistas pró-Moscou desde 2014. Lá encontra-se Severodonetsk e Lysychansk, o último grande centro urbano controlado por Kiev em Luhansk. Sua tomada abriria o caminho da Rússia para Kramatorsk, a grande cidade de Donetsk, a outra região do Donbass. “Manter Severodonetsk é muito difícil”, declarou o governador Gaidai, que falou de uma “missão impossível”. “Precisamos de armas pesadas que possam contra-atacar a artilharia inimiga”, insistiu.