Tartaruga gigante considerada extinta há 100 anos é encontrada viva nas Ilhas Galápagos

Após análises genéticas, o Equador confirmou que o animal pertence à espécie Chelonoidis phantasticus, que não era vista desde 1906

  • Por Jovem Pan
  • 27/05/2021 17h38
Reprodução Twitter GustavoManriq_MA tartaruga-gigante foi vista há dois anos na Ilha Fernandina, mas só teve sua espécie confirmada agora

O Equador confirmou nesta quarta-feira, 26, que foi encontrada uma tartaruga-gigante fêmea da espécie Chelonoidis phantasticus no Parque Nacional de Galápagos. Após o anúncio, uma expedição começou a se preparar para buscar mais exemplares desse animal, que os biólogos acreditavam ter sido extinto há um século. A tartaruga-gigante em questão foi vista há dois anos na Ilha Fernandina, mas sua espécie só foi confirmada esse ano pelos cientistas da Universidade de Yale, que realizaram um estudo que comparava o DNA do animal encontrado em 2019 com o material genético guardado de um espécime de 1906. A descoberta foi celebrada pelo ministro do Meio Ambiente, Gustavo Manrique, através do seu perfil no Twitter, que escreveu: “A esperança está intacta”. Já o diretor do Parque Nacional de Galápagos, Danny Rueda, afirmou que a novidade “sem dúvida renova nossa esperança de recuperação” da espécie. Ao longo do tempo, as populações de tartarugas-gigantes foram devastadas pelas erupções vulcânicas e também pela caça humana.