Taxa de transmissão da Covid-19 sobe para 0,99 no Brasil, diz Imperial College

Estudo britânico que analisa dados da pandemia semanalmente estimou que cada 100 pessoas infectadas contaminam outras 99

  • Por Jovem Pan
  • 24/08/2021 13h16 - Atualizado em 24/08/2021 17h25
Josué Emidio/Futura Press/Estadão Conteúdo- 01/06/2021Taxa de transmissão da Covid-19 subiu no Brasil

Dados da pandemia da Covid-19 no mundo atualizados nesta segunda-feira, 23, pela Imperial College de Londres, mostraram que a taxa de transmissão da doença no Brasil atingiu a marca de 0,99, o que significa que cada 100 novos infectados no país transmitem a doença para outras 99 pessoas. O número é 0,01 maior do que o da semana anterior, de 0,98. Considerando a margem de erro, a taxa brasileira pode variar entre 0,91 e 1,01. Segundo o órgão, o número de mortes registradas nos últimos sete dias foi de 5.649 e a previsão para esta semana é de 5.770. Entre os 69 países monitorados pelo Imperial College, o que tem a maior taxa de transmissão é a Macedônia do Norte, com 2,23, seguido do Canadá, com 1,82 e Romênia, com 1,70. O Brasil fica na 38ª posição do ranking, com números mais satisfatórios do que países como a Venezuela, Ucrânia, Alemanha, Grécia, Reino Unido, Porto Rico e Japão. Todos eles, porém, têm menor projeção de mortes semanais (o que equivale às respectivas populações). Até o momento, segundo o Ministério da Saúde, o país registrou 19.479.947 casos da doença e 574.848 mortes desde o início da pandemia.

tabela mostra taxa de trasmissao covid

Tabela atualizada pelo Imperial College de Londres em 23/08/2021 mostra taxa de transmissão da Covid-19 no Brasil