Tensão na Faixa de Gaza: Palestinos lançam 450 foguetes; Israel responde com 220 ataques

  • Por Jovem Pan
  • 05/05/2019 11h16
EFEImagem de arquivo de confronto na Faixa de Gaza; violência voltou a aumentar nos últimos dias

O fim de semana foi marcado por muita tensão na região da Faixa de Gaza. De sábado (4) para domingo (5), grupos palestinos dispararam 450 foguetes contra Israel, que respondeu com ataques a 220 alvos militares. Esses ataques em massa foram ordenados pelo primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu.

Segundo ele, o exército de Israel irá reforçar suas unidades nos arredores de Gaza com armamentos, artilharia e infantaria. Há temores de que a violência continue a escalar com o início do pior confronto entre ambos desde que as tensões voltaram a crescer em maio do ano passado.

Netanyahu culpa o Hamas, que comanda Gaza, pelos atentados. “Eles estão pagando um preço muito alto por isso”, disse.

Os ataques provocaram, até o momento, a morte de um israelense de 58 anos em Ashkelon – o primeiro cidadão israelense morto por um foguete desde a guerra com Gaza de 2014 – e pelo menos 12 pessoas em Gaza, incluindo uma mulher grávida e seu filho de 14 meses.

‘Sem interesse’ em conflito

Oficiais israelenses disseram não ter interesse em uma escalada no conflito a uma semana do festival Eurovision, um dos concursos de música mais assistidos do mundo e que deve atrair milhares de visitantes para a cidade de Tel Aviv. Alguns analistas têm sugerido que grupos militares de Gaza podem estar usando a ameaça de retomada dos ataques às vésperas do evento para pressionar Israel a fazer concessões.

Representantes da televisão israelense e do Eurovision afirmam que estão monitorando a situação e os ensaios em Tel Aviv seguem de acordo com o previsto. Segundo as duas fontes, o concurso na próxima semana está mantido sem qualquer alteração.

*Com Estadão Conteúdo