Terremoto de magnitude 5,9 atinge o Paquistão e deixa ao menos 20 mortos e 300 feridos

Tremor aconteceu por volta das 3h30, no horário local, e atingiu a cidade de Harnai, na província de Baluchistão; segundo o ministro da região, número de vítimas deve aumentar

  • Por Jovem Pan
  • 07/10/2021 05h24 - Atualizado em 07/10/2021 05h27
REUTERS/Naseer Ahmed

Um terremoto atingiu o sudoeste do Paquistão nesta quinta-feira, 7, e deixou ao menos 20 mortos e mais de 300 feridos. O tremor aconteceu por volta das 3h30 no horário local, cerca de 19h30 de quarta-feira no Brasil, próximo a cidade de Harnai, na província de Baluchistão. De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), que monitora a atividade sísmica em todo o mundo, o fenômeno foi detectado a uma profundidade de nove quilômetros, identificado como de magnitude 5,9 na escala Richter. “Até agora, 20 pessoas foram encontradas mortas, e mais de 300 ficaram feridas. Dois helicópteros chegaram à cidade de Harnai para transportar feridos em estado grave até Quetta”, afirmou Noor Khan, oficial da sala de gestão de desastres da província à EFE.

Por sua vez, o ministro do Interior do Baluchistão, Mir Ziaullah Langau, disse que o terremoto ocorreu quando a grande maioria das pessoas estava dormindo, aumentando a magnitude da catástrofe. “Penso que haverá mais mortes do que o número que temos até agora”, reconheceu Langau. Agora, equipes de buscas tentam localizar sobreviventes nos escombros de casas. Em 2013, um terremoto de magnitude 7,7 atingiu o Baluchistão, matando 359 pessoas e ferindo outras 750.

*Com EFE