Trabalhadores são resgatados após quase dois dias presos em mina da Vale no Canadá

Elevador do local quebrou enquanto funcionários tentavam transportar pá de escavadeira; equipes de resgate retiraram 33 das 39 pessoas presas até o momento

  • Por Jovem Pan
  • 28/09/2021 11h25
Vale Canadá/Divulgação/21.02.2014Trabalhadores ficaram presos em mina da Vale no Canadá

Equipes de resgate da mineradora Vale passaram as últimas 24 horas trabalhando para retirar 39 trabalhadores presos em uma mina no vale de Sudbury, a 400 quilômetros de Toronto, no Canadá, após a pá de uma escavadeira que era transportada quebrar no elevador do local, bloqueando a única forma de entrada e saída dos funcionários. Segundo movimentos sindicais, o caso ocorreu no domingo, 26. Até a manhã desta segunda, 28, 33 dos 39 mineiros presos foram devolvidos à superfície. A previsão é de que outros seis sejam resgatados ainda no turno da tarde. Em um posicionamento divulgado à imprensa, a mineradora Vale afirmou que estava “aliviada em ver os funcionários voltando à superfície seguros”.

A porta-voz da empresa no Canadá, Danica Pagnutti, afirmou ao canal canadense CBS que falou com um dos mineiros e disse que ele estava em bom estado de saúde. “Ele estava ansioso para chegar em casa, ver a família e relaxar, mas parecia de bom humor. Todos estão seguros e ansiosos para ir para casa”, afirmou. Um sistema secundário de saída foi ativado pelas equipes de resgate para que os mineiros fossem retirados. Segundo nota da Vale, após o elevador quebrar, todos os trabalhadores foram para abrigos dentro da mina e se comunicaram com diretores para pedir socorro. A mina Totten opera desde 2014 e retira níquel e cobre do solo, empregando cerca de 200 pessoas.