Trump deixa grupo dos 400 americanos mais ricos do mundo após 25 anos, diz revista

De acordo com a ‘Forbes’, ex-presidente dos Estados Unidos teve queda de US$ 600 milhões na sua fortuna em relação ao período anterior à pandemia da Covid-19

  • Por Jovem Pan
  • 05/10/2021 13h37
EFE/EPA/CHRIS KLEPONIS / POOLPosição de Trump na lista dos mais ricos decaiu ao longo dos anos

Preparada anualmente pela revista “Forbes”, a lista dos 400 cidadãos dos Estados Unidos mais ricos do mundo divulgada nesta terça-feira, 5, deixa de fora pela primeira vez em 25 anos o nome de Donald Trump. De acordo com a publicação, a fortuna atual do empresário é calculada em US$ 2,5 bilhões (equivalente a R$ 13,5 bilhões), valor semelhante ao do ano de 2020, quando o republicano ainda era presidente dos EUA e estava na 339ª posição da lista. Em comparação com valores anteriores à pandemia da Covid-19, a fortuna de Trump caiu US$ 600 milhões (equivalente a R$ 3,2 bilhões). Segundo a Forbes, isso ocorreu porque ele foi aconselhado a não diversificar os seus investimentos quando entrou na Casa Branca em 2016. Um gráfico feito pela própria Forbes mostrou o declínio na posição do ex-presidente ao longo dos últimos anos. A maior alta na riqueza dele foi registrada em 1996, quando o republicano ficou próximo aos 100 mais ricos. Ele se manteve estável entre os anos de 2000 e 2015 e apresentou queda nos anos subsequentes. Após entrar na presidência, ele saiu do top 200, depois saiu do top dos 300 mais ricos e agora deixou os 400. Até o momento, Trump, que está com contas suspensas no Twitter e no Facebook, não se pronunciou sobre o assunto. O topo da lista é ocupado por Jeff Bezos, fundador da Amazon. Ele foi seguido por Elon Musk, da Tesla, e Mark Zuckerberg, do Facebook.