Trump fala do 11 de setembro e afirma que Biden ‘parecia idiota’ na saída dos EUA do Afeganistão

Republicano homenageou oficiais que participaram do resgate às vítimas do atentado e afirmou que os problemas na retirada das tropas norte-americanas ocorreu por causa de uma ‘fraqueza incrível’

  • Por Jovem Pan
  • 11/09/2021 15h49 - Atualizado em 11/09/2021 17h30
EFE/EPA/Chris Kleponis / POOL/ArchivoTrump relembrou o 11 de setembro e criticou a postura de Biden na saída dos EUA do Afeganistão

No aniversário de 20 anos do ataque ao World Trade Center, o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, divulgou um comunicado em homenagem às vítimas do 11 de setembro, exaltando e agradecendo a “bravura” de policiais, bombeiros e socorrista que participaram do resgate dos atingidos pelo atentado orquestrado pelo Al-Qaeda, dizendo que o trabalho que eles fizeram foi “verdadeiramente inacreditável”. Em seguida, o ex-presidente dos EUA fez uma série de críticas a Joe Biden na operação de retirada das tropas norte-americanas do Afeganistão encerrada em agosto deste ano e disse que o atual mandatário “parecia um idiota”. “Tínhamos US$ 85 bilhões do melhor e mais sofisticado equipamento militar, tirados de nós sem nem mesmo um tiro ser disparado. O líder de nosso país foi feito para parecer um idiota e isso nunca deveria ter sido permitido.

“É também um momento triste para a forma como nossa guerra contra aqueles que fizeram tanto mal ao nosso país terminou na semana passada. A perda de 13 grandes guerreiros e muitos outros que foram feridos, nunca deveriam ter acontecido”, afirmou o republicano, referindo-se aos militares norte-americanos mortos no atentado em Cabul no dia 26 de agosto. A entrada das tropas no país do Oriente Médio aconteceu devido aos atentados e a saída foi uma promessa feita por Trump e cumprida por Biden. O ex-presidente continuou as críticas, dizendo que os problemas que surgiram na saída dos EUA foram causados por “planejamento ruim” e “fraqueza incrível” de líderes que “não entendiam o que estava acontecendo”.

Trump encerra o vídeo chamando a gestão Biden de ‘inepta’ e afirmando que os Estados Unidos vão demorar para se recuperar do constrangimento que a retirada das tropas militares do Afeganistão causou. “Este é o 20º ano desta guerra e deveria ter sido um ano de vitória, honra e força. Em vez disso, Joe Biden e sua administração inepta se renderam na derrota. Continuaremos a viver, mas infelizmente nosso país será ferido por um longo período de tempo. Vamos lutar para nos recuperar do constrangimento que essa incompetência causou”. Por fim, o republicano relembra o slogan de sua campanha, “Make America Great Again” (Faça a América ser grande novamente, em tradução livre), dizendo que a “América voltará a ser grande”.