Tufão Faxai deixa ao menos 1 morto e dezenas de feridos no Japão

  • Por Jovem Pan
  • 09/09/2019 08h40
EFEAproximadamente 900 mil casas ficaram sem energia nas últimas horas

A passagem do tufão Faxai deixou, nesta segunda-feira (9), ao menos um morto, dezenas de feridos, cerca de 900 mil casas sem energia elétrica e causou graves transtornos no transporte público do Japão, incluindo na capital Tóquio, de acordo com informações da mídia local.

Faxai se formou no Pacífico e tocou terra na região de Chiba, por volta das 5h (hora local).

Segundo a Agência Meteorológica do Japão, o 15º tufão da temporada registrou ventos com uma velocidade máxima de 144 km/h e sequências de 216 km/h, afastando-se novamente em direção ao Pacífico, a cerca de 30 km/h, após impactar no litoral oriental da maior ilha do Japão.

Fontes policiais disseram à emissora “NHK” que uma mulher de aproximadamente 50 anos morreu em Tóquio por conta de uma rajada de vento que a empurrou bruscamente de um edifício.

Além disso, pelo menos 36 pessoas ficaram feridas em Tóquio e arredores e na província de Chiba, onde o maior impacto foi recebido pelo tufão, que ao longo da manhã foi perdendo força.

Aproximadamente 900 mil casas ficaram sem energia nas últimas horas.

O tufão obrigou o cancelamento de mais de 160 voos e em Tóquio e arredores, houve inúmeras alterações no sistema de transporte público.

O JR East, um dos mais importantes sistemas urbanos e suburbanos do metrô que atende Tóquio e seus arredores, suspendeu suas operações antes do tufão e estava programado para retomá-las ao longo do dia.

Uma das linhas do sistema JR, a única circular no extenso sistema de metrô suburbano da grande Tóquio, teve seu serviço interrompido até o meio da manhã de hoje, quando começou a retomar suas operações.

Além disso, as operações das linhas do trem-bala, que partem de Tóquio, que estavam suspensas há várias horas, retomaram aos poucos seu funcionamento.

*Com Agência EFE