UE oferece 400 milhões de euros à iniciativa da OMS para compra de vacinas

Liderada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a Covax pretende adquirir dois bilhões de doses de imunizantes contra a doença até o fim de 2021

  • Por Jovem Pan
  • 31/08/2020 10h16
EFE/EPA/RUNGROJ YONGRITA comissão da UE está negociando acordos para compra adiantada de vacinas com diversas fabricantes, em nome dos 27 países que compõem o bloco

A Comissão Europeia anunciou nesta segunda-feira, 31, que vai contribuir com 400 milhões de euros para uma iniciativa liderada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para a compra de vacinas contra a Covid-19. A iniciativa, batizada de Covax, pretende adquirir dois bilhões de doses de potenciais compostos contra a doença de vários fabricantes até o fim de 2021. A comissão da UE está negociando acordos para compra adiantada de vacinas com diversas fabricantes, em nome dos 27 países que compõem o bloco, e afirmou nas últimas semanas que os governos do bloco não podem adquirir vacinas por meio de programas de compras paralelos.

“Hoje, a comissão está anunciando uma contribuição de 400 milhões de euros para a Covax, a fim de trabalharmos juntos na aquisição de vacinas futuras em benefício de países de rendas baixa e média”, disse a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen. Em comunicado, a comissão também disse que está pronta, junto com os países da União Européia, “para colocar especialização e recursos dentro da Covax, com o objetivo de acelerar o desenvolvimento, a fabricação e um fornecimento global de vacinas para cidadãos ao redor do mundo, em países pobres e ricos”.

*Com Agência Brasil