Variante Delta representa quase 90% das amostras de coronavírus no mundo, diz Opas

Segundo relatório, cepa indiana foi encontrada em 135 países, sendo 22 deles no continente americano

  • Por Jovem Pan
  • 09/08/2021 14h09 - Atualizado em 09/08/2021 17h29
EFE/Federico Anfitti/ArchivoVariante Delta é responsável por 90% das infecções

A variante Delta foi identificada em quase 90% das amostras de coronavírus sequenciadas no mundo, segundo relatório da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). De acordo com o documento, a cepa indiana foi registrada em 135 países, sendo 22 deles nas Américas. A organização afirma que a Delta é mais transmissível do que outras variantes e alerta para o risco de aumento das hospitalizações por Covid-19, principalmente de pacientes com comorbidades. O relatório também menciona a redução da efetividade das vacinas em relação à variante Alfa. Segundo a organização, a queda pode ocorrer principalmente em pessoas que tomaram apenas a primeira dose do imunizante. “Frente ao potencial aumento de casos e hospitalizações relacionados a circulação da variante Delta, se faz necessário maximizar os esforços para ampliar as coberturas vacinais completas, principalmente na população de maior risco, bem como reforçar as medidas de prevenção e proteção não farmacológicas, tais como distanciamento físico, uso de máscaras individuais, uso de soluções antissépticas. Essas medidas permanecem eficazes na redução da transmissão desta e de todas as variantes”, diz o relatório.