Novos ataques e bombardeios no Iraque deixam 12 civis e 13 jihadistas mortos

  • Por Agencia EFE
  • 21/09/2015 19h01

Bagdá, 21 set (EFE).- Pelo menos 12 civis morreram e outros 40 ficaram feridos na explosão de um carro-bomba perto de um mercado popular no leste de Bagdá, enquanto 13 jihadistas morreram em um bombardeio aéreo no oeste da capital, informaram à Agência Efe nesta segunda-feira fonte militares e de segurança.

O veículo, que estava estacionado perto do mercado de Al Aramel, no bairro de maioria xiita de Al Amin, também deixou ainda lojas e carros destruídos. Por enquanto, nenhuma organização reivindicou a ação, embora o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) costume lançar ataques nos bairros iraquianos de maioria xiita.

O movimento nos mercados é grande nestes dias por conta dos preparativos dos muçulmanos para celebrar a Festa do Cordeiro na quinta-feira, conhecida como Eid al-Adha, a mais importante dessa religião.

Uma fonte militar informou, por sua vez, que 13 membros do EI morreram em dois bombardeios lançados pela aviação iraquiana contra duas sedes da organização radical na região de Hasiba al Sharqiya, ao leste da cidade de Ramadi. EFE