Alexandre de Moraes mantém prisão preventiva de Zé Trovão

Caminhoneiro está foragido, suspeito de organizar supostas manifestações violentas no dia 7 de setembro

  • Por Jovem Pan
  • 21/09/2021 20h24 - Atualizado em 21/09/2021 22h00
Reprodução/PânicoZé Trovão está foragido no México

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou pedido da defesa de Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, e manteve a ordem de prisão preventiva contra o caminhoneiro, que está foragido. Na decisão desta terça-feira, 21, o magistrado afirmou que Zé Trovão revelou “completo desprezo pelo Poder Judiciário” ao fugir para o México, “onde continuou a publicar vídeos incentivando atos violentos de protestos e a ofender a instituição do STF”. O caminhoneiro teve a prisão preventiva decretada no início de setembro, investigado por suposta organização de manifestações violentas no dia 7 de setembro. Als, além da fuga do distrito da culpa, há notícias de que Marcos Antônio Pereira Gomes solicitou asilo político ao Governo do México, com nítido objetivo de burlar a aplicação da lei penal, o que indica, nos termos já assinalados, a necessidade de manutenção da decretação de sua prisão preventiva”, decidiu Moraes.