Após rejeição na Câmara, Mourão diz que voto impresso é ‘assunto encerrado’

Vice-presidente também afirmou não enxergar o desfile militar realizado na terça como uma tentativa de pressionar os parlamentares

  • Por Jovem Pan
  • 11/08/2021 15h36 - Atualizado em 11/08/2021 16h27
Wallace Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo - 10/02/2021Presidente deu declaração durante conversa com jornalistas

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse que o tema do voto impresso é “assunto encerrado”. A afirmação foi feita durante conversa com jornalistas na chegada ao Palácio do Planalto nesta quarta-feira, 11, um dia após a Câmara dos Deputados rejeitar a PEC. Ao falar sobre o assunto, Mourão disse acreditar que a Justiça Eleitoral “vai se esforçar” para dar transparência às eleições dentro do processo já existente. “Acho que o assunto foi colocado. A própria Justiça Eleitoral, eu acho que vai se esforçar dentro do processo que existe para dar mais publicidade e transparência. Então acho que, no final das contas, saímos bem. Para mim está encerrado. O Congresso decidiu, está decidido”, afirmou o vice-presidente. Além disso, Mourão falou que não enxergou o desfile militar realizado na terça como uma forma de pressão contra o Congresso. “A Marinha quis fazer uma homenagem ao presidente. Eu vejo dessa forma. Eu acho que estava marcado antes isso aí. Se fosse para ser colocado como uma forma de pressão no Congresso, seria extremamente ridículo. Não vejo dessa forma”, concluiu.