Aras recebe relatório da CPI da Covid-19 e diz que apuração sobre autoridades ‘pode avançar’

Senadores se encontraram com o procurador-geral da República para entregar o documento; magistrado afirmou que a Comissão produziu resultados

  • Por Jovem Pan
  • 27/10/2021 13h41 - Atualizado em 27/10/2021 13h43
Antonio Augusto/Secom/MPFMembros da CPI entregaram relatório final a Aras nesta quarta

Os senadores da CPI da Covid-19 entregaram o relatório final às mãos do procurador-geral da República, Augusto Aras, nesta quarta-feira, 27. Ao receber o documento, o magistrado afirmou que a apuração sobre autoridades com prerrogativa do foro nos tribunais superiores pode avançar. “Esta CPI já produziu resultados. Temos denúncias, ações penais, autoridades afastadas e muitas investigações em andamento e agora, com essas novas informações poderemos avançar na apuração em relação a autoridades com prerrogativa do foro nos tribunais superiores”, declarou. Estavam presentes no encontro o presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), o vice-presidente Randolfe Rodrigues (Rede-AP), o relator Renan Calheiros (MDB-AM), os senadores Humberto Costa (PT-PE), Rogério Carvalho (PT-SE), Otto Alencar (PSD-BA), Simone Tebet (MDB-MS), Fabiano Contarato (Rede-ES) e Alessandro Vieira (Cidadania-SE), além do deputado federal Bohn Gass, líder do PT na Câmara.

O relatório final foi aprovado na noite desta terça-feira, por 7 votos a 4. O parecer pede o indiciamento de 78 pessoas, incluindo o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), e duas empresas. Segundo a PGR, ficou acordado que a CPI enviará a Aras ainda hoje, de forma separada, a parte da documentação referente a pessoas cujas investigações devem tramitar no Supremo Tribunal Federal (STF) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ).