Bolsonaro concede medalha Oswaldo Cruz na categoria ouro para esposa Michelle

Além da primeira-dama, 12 ministros de Estado receberam a homenagem; os presidentes do Senado e da Câmara também foram agraciados com a condecoração

  • Por Jovem Pan
  • 28/07/2021 14h57 - Atualizado em 28/07/2021 19h07
Marcos Corrêa/PRMedalha Oswaldo Cruz homenageia profissionais e instituições de destaque em diferentes áreas por relevantes contribuições à saúde pública

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) concedeu à sua mulher Michelle Bolsonaro a medalha do Mérito Oswaldo Cruz na categoria ouro. A condecoração é um reconhecimento pela atuação destacada no campo das atividades científicas, educacionais, culturais e administrativas pelos resultados benéficos à saúde de brasileiros. O decreto foi publicado nesta quarta-feira, 28, em edição do Diário Oficial da União. Além da primeira-dama, outros ministros do governo Bolsonaro também receberam a homenagem. Entre eles, o ministro do Turismo, Gilson Machado; o ministro da Educação, Milton Ribeiro; o ministro da Economia, Paulo Guedes; o ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França; o ministro das Comunicações, Fábio Faria; o ministro da Cidadania, João Roma; a ministra-chefe da Secretaria de Governo da Presidência, Flávia Arruda; o agora ex-ministro chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos; o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho; o ministro da Defesa, Braga Netto; o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas; e a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina.

Além dos ministros, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) e o presidente da Petrobras, o general Silva e Luna, foram agraciados com a medalha de ouro. Bolsonaro ainda concedeu a medalha de Ordem do Mérito Médico. Na classe de Grande-Oficial, Antonio Barra Torres, presidente da Agência Nacional de Segurança Sanitária (Anvisa) foi homenageado. O cirurgião gástrico Antonio Macedo, o mesmo que conduziu a recuperação do presidente em função da facada que levou durante a campanha eleitoral, também recebeu a Medalha de Ordem do Mérito Médico, mas na classe de comendador.