Bolsonaro faz referência a Lula e diz que esquerda quer colocar no poder ‘uma pessoa que já não deu certo’

Declaração do presidente ocorre na cerimônia de posse de Daniella Marques na presidência da Caixa; petista lidera as pesquisas eleitorais de intenção de voto para o pleito presidencial

  • Por Jovem Pan
  • 05/07/2022 21h53
Alan Santos/PR - 14/06/2022 Bolsonaro Presidente Jair Bolsonaro participou da posse de Daniella Marques no comando da Caixa Econômica Federal

O presidente Jair Bolsonaro (PL) participou do evento de posse de Daniella Marques na presidência da Caixa Econômica Federal e, no local, fez referência ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e afirmou que a esquerda busca colocar no poder alguém que ‘já não deu certo’ no comando do Palácio do Planalto. “É isso que querem novamente? Às vezes desabafo em casa: podia estar na praia”, desabafou. O mandatário também questionou o mantra de ‘todo poder emana do povo’. Segundo o chefe do Executivo, o povo cubano e venezuelano não exercem poder sobre seus líderes políticos. “O poder emana do povo se ele escolher corretamente os seus governantes e esses agirem dentro das quatro linhas da Constituição, se não vira um caos”, disse.

O comandante do Planalto também defendeu seu governo e argumentou que sua gestão precisou enfrentar uma pandemia que durou dois anos e meio e, mesmo assim, conseguiu melhores resultados econômicos do que no biênio 2014-2016 em que houve uma “recessão da corrupção”. “Guedes e sua equipe só puderam fazer o que fizeram porque tinham liberdade”, acrescentou. A cerimônia em que Bolsonaro esteve presente marcou o início da gestão de Daniella Marques à frente da Caixa. A mudança ocorre após a saída de Pedro Guimarães, ex-presidente do banco estatal, acusado de assédio moral e sexual.