Bolsonaro chega a São Paulo e médicos avaliam cirurgia de emergência

Presidente foi internado nesta manhã após sentir dores abdominais; segundo a Secom, foi identificada uma obstrução intestinal decorrente da facada que o chefe do Executivo levou em 2018

  • Por Jovem Pan
  • 14/07/2021 16h28 - Atualizado em 14/07/2021 19h34
Facebook/Jair BolsonaroO presidente Jair Bolsonaro estava com uma crise de soluço persistente nos últimos dias

O presidente Jair Bolsonaro chegou em São Paulo no fim da tarde desta quarta-feira, 14, após ter passado por exames no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, e ter sido transferido para tratamento na capital paulista. Ele foi internado nesta manhã depois de sentir dores abdominais durante a madrugada. Segundo a Secretaria de Comunicação (Secom), foi identificada uma obstrução intestinal decorrente da facada que levou durante a campanha eleitoral, em 2018. Bolsonaro foi examinado pelo cirurgião gástrico Antonio Macedo, que o acompanha desde o atentado. O médico resolveu trazer o chefe do Executivo para São Paulo, onde serão realizados exames complementares para definição da necessidade, ou não, de uma cirurgia de emergência. Nos últimos dias, o presidente estava com uma crise de soluço persistente, sofrendo ao falar em eventos, a apoiadores e também na live da última quinta-feira, 8.

Desde 2018, quando foi ferido, em Juiz de Fora, Bolsonaro passa por uma série cirurgias. A primeira foi feita ainda na Santa Casa de Juiz de Fora, logo após ser atingido com uma faca por Adélio Bispo em ato de campanha em 6 de setembro de 2018. Depois, o então candidato foi transferido para o Hospital Albert Einstein e passou a ser acompanhado pelo cirurgião Antonio Luiz Macedo e pelo cardiologista Leandro Echenique. Ainda em 2018, o presidente realizou uma segunda cirurgia. Em janeiro do ano seguinte, o presidente retirou a bolsa de colostomia. Em setembro de 2019, retirou uma hérnia. Bolsonaro ainda realizou uma vasectomia e fez uma cirurgia de cistolitotripsia endoscópica para a retirada de cálculo da bexiga em 2020.