João Campos é eleito prefeito de Recife ao vencer a prima Marília Arraes

Candidato do PSB venceu segundo turno com 56,27% dos votos, contra 43,73% da petista

  • Por Jovem Pan
  • 29/11/2020 18h38 - Atualizado em 29/11/2020 20h29
Divulgação/Instagram João CamposJoão Campos é deputado federal e ganhou notoriedade nacional após morte do pai, Eduardo Campos

O deputado federal João Campos (PSB) foi eleito prefeito de Recife neste domingo, 29, após superar a prima Marília Arraes (PT) em uma das disputas mais acirradas do segundo turno. Com todas as urnas encerradas, Campos venceu ao ao somar 56,27% dos votos válidos, contra 43,73% da petista. No total, o futuro prefeito conquistou 447.913 votos, contra 348.126 de Marília. Os dados foram divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral. Campos repetiu a vitória conquistada no primeiro turno, quando venceu a disputa por Recife com 29,1% dos votos, ante 27,9% conquistados por Marília. A pesquisa Ibope para a capital de Pernambuco divulgada no sábado, 28, mostrava empate numérico entre os dois, com 50% das intenções de voto para cada um. Pesquisa realizada pelo Datafolha e também divulgada ontem confirmava o empate entre os primos.

João Campos, de 26 anos, ganhou projeção nacional após a morte do pai, o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, enquanto disputava a Presidência da República, em 2014. Em 2018, aos 24 anos, ele foi eleito deputado federal pelo PSB. Ele é bisneto de Miguel Arraes, o principal nome da política de Pernambuco. Marília, que é neta de Miguel, tem 36 anos e atualmente cumpre mandato de deputada federal pelo Partido dos Trabalhadores. Ela iniciou a carreira política em 2008, aos 24 anos, quando se elegeu vereadora de Recife pelo PSB, e se reelegeu pela mesma legenda em 2012. Marília rompeu oficialmente com o PSB em 2016 após desentendimento com a cúpula do partido e anunciou sua filiação ao PT.