Condenado por tentativa de explosão no Aeroporto de Brasília é preso no Paraguai

Wellington Macedo estava foragido desde janeiro e foi detido nesta quinta-feira, 14, em Cidade de Leste, após cooperação entre a PF e a polícia paraguaia

  • Por Jovem Pan
  • 14/09/2023 15h25
Reprodução/Twitter/WMacedos Homem de camisa gravando vídeo Macedo foi um dos três condenados pela tentativa de explosão, mas estava foragido

O blogueiro Wellington Macedo de Souza, 47, condenado por tentar explodir uma bomba no Aeroporto Internacional de Brasília na véspera do Natal de 2022. Wellington foi preso em Cidade do Leste, no Paraguai, na noite desta quarta-feira, 13, em uma ação de parceria entre a Polícia Nacional do Paraguai e a Polícia Federal (PF). A prisão foi confirmada pelo ministro da Justiça, Flávio Dino, que, em suas redes, agradeceu à polícia do Paraguai. “Agradeço ao trabalho da polícia do Paraguai na execução de importantes prisões de brasileiros acusados de crimes relativos ao 8 de janeiro e outros atos delituosos, a exemplo da bomba no aeroporto de Brasília. E mais uma vez homenageio a nossa Polícia Federal pela eficiência”, escreveu Dino na publicação. Wellington estava foragido desde 2023, enquanto os outros dois condenados já estavam presos. Na ocasião, o explosivo foi colocado em um caminhão de combustível, mas o motorista identificou a carga antes da detonação. Foragido, Wellington foi condenado a seis anos de prisão e multa de R$ 9,6 mil.

 

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.