CPI da Covid-19 pedirá afastamento de Mayra Pinheiro do Ministério da Saúde

Votação de requerimento foi acordada em reunião do G7 da comissão, na noite desta quarta-feira, 28; para senadores, ‘capitã cloroquina’ pode obstruir investigações, se mantida no cargo

  • Por André Siqueira
  • 29/07/2021 11h59
Jefferson Rudy/Agência SenadoSenador Humberto Costa também apresentou requerimento de reconvocação da 'capitã cloroquina'

A CPI da Covid-19 pedirá o afastamento de Mayra Pinheiro da secretaria de Gestão do Trabalho do Ministério da Saúde. A votação deste requerimento foi acordada em reunião virtual do G7, grupo majoritário da comissão, formado por parlamentares independentes e de oposição, na noite desta quarta-feira, 28. Na avaliação dos membros do colegiado, a “capitã cloroquina”, como ficou conhecida a servidora, pode obstruir as investigações, se mantida no cargo. Além disso, o senador Humberto Costa (PT-PE) apresentou requerimento de reconvocação da servidora. Os trabalhos serão retomados na terça-feira, 3, com o depoimento do reverendo Amilton Gomes de Paula, que teria sido autorizado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro para negociar a aquisição de 400 milhões de doses da AstraZeneca com a Davati Medical Supply. No mesmo dia, os senadores pretendem votar requerimentos – até a manhã desta quinta-feira, 29, 386 pedidos de convocações, quebras de sigilos, informações e audiências públicas estão prontos para entrar na pauta.