Deputado do DEM afirma que Rodrigo Maia foi expulso do partido: ‘Figura odiada’

Arthur Maia disse que o ex-presidente da Câmara deve perder seu mandato; medida ocorre após série de ataques a ACM Neto, presidente da sigla

  • Por Jovem Pan
  • 15/05/2021 13h04
GABRIELA BILÓ/ESTADÃO CONTEÚDORodrigo Maia pediu sua desfiliação do DEM nesta sexta-feira

Após o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia fazer duras críticas ao presidente do Democratas e ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, o partido decidiu expulsá-lo da sigla, segundo disse neste sábado, 15, o deputado Arthur Maia, também do DEM. Em uma sequência de publicações no Twitter, Arthur Maia se referiu ao ex-presidente da Câmara como ‘Nhonho’ – da série Chaves – para falar sobre a decisão do Democratas. “O DEM deliberou pela expulsão de Rodrigo Maia. Depois que perdeu todo o apoio dentre os deputados, não havia mais clima para ele no partido. Agrediu ACM Neto para forçar a expulsão e tentar driblar a lei eleitoral, pois a expulsão teoricamente não dá perda de mandato.” Arthur Maia ainda disse que Rodrigo Maia vai perder o mandato como deputado federal e que ele é uma figura odiada pelos brasileiros.

“Mesmo sendo expulso, Rodrigo Maia deverá perder o mandato, pois é óbvio que a agressão gratuita e grosseira contra o presidente do partido configura uma desfiliação indireta. Ninguém poderia admitir a sua permanência com o propósito deliberado de insultar as pessoas. Rodrigo Maia é uma figura odiada pelos brasileiros, depois da sua melancólica passagem pela presidência da Câmara.” Para finalizar sua sequência de tweets, Arthur Maia afirmou que Rodrigo Maia tentou dar um golpe para permanecer como presidente da Câmara, mas não conseguiu, e que ele vive numa prisão particular e não pode andar nas ruas. Nesta sexta-feira, 14, Rodrigo Maia protocolou seu pedido de desfiliação do DEM. Em seguida, publicou uma série de comentários atacando o ex-presidente de Salvador após ele criticar João Doria pela saída do vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, do DEM para se filiar ao PSDB. Rodrigo Maia chamou ACM Neto de “oportunista”, “sem caráter” e disse que ele perdeu o respeito na política. Os entraves entre Maia e ACM Neto se tornaram públicos em fevereiro, quando Baleia Rossi (MDB-SP), candidato de Maia para a presidência da Câmara, perdeu para o bloco liderado por Arthur Lira (PP-AL).