Após Eduardo Paes, PSD negocia filiação do governador Cláudio Castro

Governador do Rio de Janeiro tenta se desvencilhar da imagem do PSC, manchada com o impeachment de Witzel e com prisão de Pastor Everaldo

  • Por Jovem Pan
  • 09/05/2021 11h42
Daniel Resende/Enquadrar/Estadão ConteúdoCláudio Castro está no PSC

Fontes ouvidas pela Jovem Pan afirmam que não há espaço para o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, e o prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes, na mesma legenda política. Os dois, que estão respectivamente no PSC e no DEM, já decidiram que vão trocar de partido. Em busca de se desvincular do impeachment do governador Wilson Witzel e da prisão de Pastor Everaldo, ex-presidente do PSC, Castro conversa com uma série de partidos: Progressista, PSD e o Democratas. Paes, por sua vez, assim como o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e outros aliados, estão saindo em debandada por não concordarem com os rumos da legenda capitaneada por ACM Neto. A tendência é de que todos eles desembarquem no PSD. Com Castro candidato à reeleição para governador em 2022 e boatos de que Paes pode tentar o mesmo cargo no meio do seu mandato de prefeito, é possível que eles evitem escolher o “mesmo barco”.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga