Eleições 2022: Pesquisa de intenção de voto mostra empate técnico entre Lula e Bolsonaro

Levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas escutou mais de 2 mil pessoas e apontou disputa acirrada entre os dois candidatos no próximo pleito

  • Por Jovem Pan
  • 17/06/2021 16h17 - Atualizado em 17/06/2021 18h23
Montagem/Estadão Conteúdo/Alan SantosTodos os cenários apontam empate técnico entre Lula e Bolsonaro

Uma pesquisa de intenção de votos para as eleições de 2022 realizada pelo instituto Paraná Pesquisas mostra um empate técnico entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT). No primeiro cenário levantado, o atual mandatário aparece com 34,3% dos votos, enquanto o petista soma 32,5%. José Luiz Datena aparece com 7,5% dos votos, sendo seguido por Ciro Gomes (PDT), com 5,8%, João Doria (PSDB), com 3,4%, Luiz Henrique Mandetta (DEM), com 3,2% e Simone Tebet (MDB), com 1,1%. Brancos e nulos são 8,6% enquanto que aqueles que não sabem correspondem a 3,6%. Em segundo cenário, sem a presença de Datena, Bolsonaro teria 36,9% dos votos, com Lula logo atrás com 34,9%. Em seguida vêm Ciro Gomes (6,2%), Doria (4%) e Mandetta (3,6%). Segundo o levantamento, 4,5% não responderam e nulos e brancos somaram 10,2%. Um terceiro cenário estipulado é entre Bolsoanro, Lula e Datena. Neste caso, o petista soma 36,7%, com o atual presidente logo atrás com 35,7%. O apresentador fica em último com 12,6%, sendo que 11% votariam em branco ou nulo e 3,9% não responderam.

Em um eventual segundo turno entre Bolsonaro e Lula, o empate técnico permanece, mas o petista aparece com uma pequena vantagem: 40,2% contra 40% do atual presidente. Neste cenário, brancos e nulos somam 15,3% e 4,4% não sabem. O candidato mais rejeitado entre os levantados pelo instituto é João Doria, que conta com uma taxa de 57,2% dizendo que não “não votariam nele de jeito nenhum para presidente do Brasil”. Em seguida vêm Ciro Gomes (50,9%), Bolsonaro (50,4%), Lula (49,7%) e Datena (42%). Ao todo, foram ouvidos 2.040 eleitores de 26 Estados e do Distrito Federal entre os dias 11 e 15 de junho deste ano.