Flávio Dino anuncia desfiliação do PCdoB após 15 anos

Governador do Maranhão disse ter ‘visões diferentes’ e desejou êxito ao partido

  • Por Jovem Pan
  • 17/06/2021 15h25 - Atualizado em 17/06/2021 16h29
Renato Cerqueira/Estadão Conteúdo Governador fala ao microfone Flávio Dino anunciou desfiliação do PCdoB nesta quinta-feira, 17

O governador do Maranhão, Flávio Dino, pediu desfiliação do PCdoB após 15 anos no partido. O político fez o anúncio nas redes sociais nesta quinta-feira, 17. “Desejo êxito ao partido na sua caminhada em defesa de uma Pátria Livre e Justa. Uma grande Frente da Esperança é um vetor decisivo para um novo ciclo de conquistas sociais para o Brasil. A tal tarefa seguirei me dedicando”, escreveu Dino. “Diferenças que hoje temos, de estratégia e tática política, são menos importantes do que o meu reconhecimento ao papel histórico do partido na defesa de um novo projeto nacional de desenvolvimento para o Brasil”, completou. Em sua carta de desfiliação, Flávio Dino afirmou que os motivos de sua saída já foram apresentados às instâncias partidárias reiteradamente, mas alegou ter “visões diferentes”. “Meu apreço pelo PCdoB e pela sua militância me impõe respeitar ritmos e processos internos em relação aos quais tenho visões diferentes”, declarou. O governador disse ainda que continuará unido a legenda para “derrotar o projeto antinacional e antipopular que se instaurou no Brasil”. Ele não informou a qual partido irá se filiar.