Márcio França desiste da disputa ao governo de SP e anuncia apoio a Haddad: ‘Fernando, vai você’

Em gravação, ex-governador falou em ‘defesa da democracia’ e ‘dos nossos direitos’: ‘Temos que pensar em todos, não em projetos sociais’

  • Por Jovem Pan
  • 08/07/2022 17h28
JÚLIO ZERBATTO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Márcio França (PSB) França também reforçou que "continua o mesmo de sempre" e reafirmou apoio à chapa de Lula e Alckmin

O ex-governador Márcio França (PSB) anunciou sua desistência na disputa para o Governo do Estado de São Paulo. Em vídeo compartilhado nas redes sociais nesta sexta-feira, 8, o político falou em defesa da democracia e afirmou que “todos temos que fazer a nossa parte” para eleger, em outubro, pessoas comprometidas “com o resgate dos nossos direitos”. Em gravação de pouco mais de dois minutos, França declarou apoio à candidatura de Fernando Haddad (PT) e lembrou que há tempos havia se comprometido a apoiar, se preciso, outro candidato que estivesse liderando as pesquisas eleitorais, o que faz agora. “Fernando, vai você. Nós vamos juntos. Vamos buscar os nossos melhores dias. Abro mão da candidatura porque não abro mão dos meus princípios”, disse o ex-governador.

O político também reforçou que “continua o mesmo de sempre” e reafirmou apoio à chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de Geraldo Alckmin para a presidência da República. “Nessa situação de emergência temos que pensar em todos, não em projetos sociais”, completou França, que citou nunca ter visto, em 40 anos, o Brasil em um cenário tão grave, com “a miséria está crescendo e já bate na porta”. A renúncia de Márcio França ao governo de São Paulo já era esperada, após semanas de acordo para aliança entre o Partido dos Trabalhadores e o Partido Socialista Brasileiro (PSB). Agora, a expectativa é que o ex-governador seja candidato ao Senado Federal, com apoio dos petistas.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.