Haddad diz que Bolsonaro atrelou destino do Brasil a um ‘governante de outro país’

Presidente foi um dos únicos líderes internacionais a não se manifestar sobre o resultado das eleições americanas

  • Por Jovem Pan
  • 07/11/2020 21h47 - Atualizado em 08/11/2020 00h16
Divulgação/TwitterO presidente Jair Bolsonaro e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se reuniram nesta sexta-feira (28) durante a cúpula do G-20, em Osaka, no Japão

O ex-candidato à presidência Fernando Haddad (PT) utilizou seu Twitter neste sábado, 7, para criticar o silêncio do presidente Jair Bolsonaro após a vitória de Joe Biden. Bolsonaro desde o início da campanha paras as eleições americanas declarou o seu apoio explícito à reeleição de Donald Trump. O resultado foi divulgado às 14h deste sábado e, mesmo após diversos líderes internacionais manifestarem suas congratulações ao presidente eleito, o chefe do Executivo não se pronunciou. “Lamentável a postura do governo brasileiro que atrelou nosso destino ao de um governante de outro país e agora não sabe como se portar”, escreveu o petista.  O Ministério das Relações Exteriores tampouco se manifestou sobre a mudança do comando da principal potência mundial. Procurada pela reportagem, a assessoria de comunicação da Presidência afirmou que não há sinal oficial de que o presidente vá se manifestar.  “Hoje, talvez fique claro para todos o tamanho do absurdo”, concluiu Haddad.