Lula chega a 48% no primeiro turno contra 22% de Bolsonaro, diz Datafolha; Moro encabeça terceira via

Ciro Gomes soma 7%, enquanto o governador de São Paulo, João Doria, tem 4% dos votos; margem de erro é de dois pontos

  • Por Jovem Pan
  • 16/12/2021 17h01
RENATO S. CERQUEIRA/MATEUS BONOMI/EDUARDO MATYSIAK/ESTADÃO CONTEÚDO Montagem com fotos de Lula, Bolsonaro e Moro Sergio Moro aparece como líder da chamada "terceira via" para as eleições de 2022

Uma pesquisa do Instituto Datafolha divulgada nesta quinta-feira, 16, uma vitória em primeiro turno do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Com 48% das intenções de voto, o petista lidera, seguido pelo atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (PL), com 22%. Encabeçando a chamada terceira via, ex-juiz e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro aparece com 9% dos votos. O ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) soma 7%, enquanto o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), tem 4% dos votos. Dos entrevistados, 8% dizem que irão votar nulo/branco ou em nenhum dos cinco nomes apresentados e 2% não souberam responder.

Em um segundo cenário com mais candidatos, Lula tem 47%, ante 21% de Bolsonaro. O ex-juiz aparece com os mesmos 9%, assim como Ciro permanece com 7%. Doria cai para 3%. Entre os nomes alternativos apresentados, os senadores Simone Tebet (MDB) e Rodrigo Pacheco (PSD) ficam com 1%. O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), o ex-ministro Aldo Rebelo (sem partido) e o cientista político Felipe d’Ávila (Novo) não pontuam. Para Nulos/brancos/ninguém e não sabem, o resultado é o mesmo do primeiro cenário.

Na pesquisa espontânea, em que nenhum nome é apresentado aos eleitores, o petista soma 32%. No levantamento anterior, realizado de 13 a 15 de setembro, Lula tinha 27%. Bolsonaro, por sua vez, oscilou de 20% para 18%. Moro surge com 2%. A pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira foi realizada de 13 e 16 de dezembro com 3.666 pessoas com mais de 16 anos, presencialmente em 191 cidades do país. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.