Macapaenses vão às urnas eleger prefeito e 23 vereadores neste domingo

Capital precisou ter mudança de data nas eleições municipais após apagão de semanas que afetou quase todo estado do Amapá; cidade tem quase 300 mil eleitores

  • Por Jovem Pan
  • 06/12/2020 07h44
MOURãO PANDA/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDOUrnas estarão abertas até 17h

Mais de 290 mil pessoas são esperadas nas urnas neste domingo, 6, para escolher prefeito e 23 vereadores na cidade de Macapá. As eleições municipais da capital do Amapá, a princípio previstas para o meio de novembro, foram adiadas após o apagão que deixou 90% da região sem energia por quatro dias seguidos e se estendeu por quase um mês com fornecimento da luz em rodízios. O horário de votação será maior do que nos anos anteriores por causa da pandemia do novo coronavírus: das 7h às 17h. Maiores de 60 anos terão prioridade de voto entre o momento de abertura das urnas e 10h. Membros do Tribunal Regional da Bahia (TRE-BA) estão na região para ajudar funcionários eleitorais locais na divulgação de informação para o público.

Para garantir a segurança das eleições no local, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Roberto Barroso, foi até o estado e deu entrevista coletiva para frisar que “questões preocupantes” estavam resolvidas. Ele lembrou, ainda, que o adiamento das eleições não ocorreu apenas por falta de energia, mas por toda a crise sanitária causada pelo não-abastecimento da região. Eleitores precisarão usar máscara facial e obrigatoriamente precisarão higienizar as mãos ao sair e entrar da sala de votação. É sugerido que ele leve a própria caneta e qualquer documento oficial com foto é suficiente para que ele consiga votar. A presença do título não é obrigatória.