Mourão diz que nenhum país comprou CoronaVac

Fala do vice-presidente é incorreta: Indonésia e Turquia já adquiriram doses do imunizante

  • Por Jovem Pan
  • 14/12/2020 13h33 - Atualizado em 14/12/2020 13h38
FILIPE BISPO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOO vice-presidente Hamilton Mourão acredita que a população brasileira levará um ano para ser vacinada

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta segunda-feira, 14, que nenhum país no mundo comprou doses da vacina CoronaVac, produzida pela chinesa Sinovac. “Quem comprou a Coronavac? Nenhum país comprou. Estão comprando outras, Pfizer e outras. Então vamos aguardar. Também estou angustiado, quero ser vacinado, mas vamos aguardar”, afirmou Mourão em entrevista à imprensa na manhã de hoje, em Brasília. A afirmação do vice, no entanto, é incorreta. Dois países já adquiriram a vacina: Indonésia e a Turquia. A China já começou a aplicar o imunizante de forma emergencial.

Mourão assegurou que o governo “vai comprar tudo o que tiver que ser comprado”. O vice-presidente acredita que a vacinação de toda a população brasileira deverá levar em média um ano. O governo do Estado de São Paulo anunciou nesta segunda-feira que o Instituto Butantan decidiu acatar a recomendação do comitê internacional e mudar a estratégia para um registro mais rápido da CoronaVac na Anvisa. De acordo com o governador João Doria, isso aconteceu porque os estudos clínicos atingiram o número mínimo de infectados para registro — 151 voluntários. Segundo ele, o Instituto Butantan vai solicitar o registro definitivo da CoronaVac na Anvisa no dia 23 de dezembro para vacina — não mais para uso emergencial.