Pacheco diz que pretende pautar indicação de Aras no plenário ainda nesta terça

Presidente do Senado afirmou que sabatina ocorreu de forma regular e dentro do previsto; CCJ aprovou indicação com 21 votos favoráveis

  • Por Jovem Pan
  • 24/08/2021 18h35 - Atualizado em 24/08/2021 19h39
WALLACE MARTINS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 09/07/2021 O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco Rodrigo Pacheco pretende colocar indicação de Aras em votação na sessão desta terça

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) disse que pretende colocar em votação no plenário a recondução de Augusto Aras à Procuradoria-Geral da República (PGR) ainda nesta terça-feira, 24. A declaração ocorreu após a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovar a indicação por 21 votos favoráveis e seis contrários. “Me parece que foi uma sabatina muito regular dentro do que era previsto, conduzida pelo presidente da CCJ, Davi Alcolumbre. Uma vez aprovada na CCJ, nós temos condição de apreciarmos a indicação de Augusto Aras ainda na sessão de hoje do Senado, é o que pretendo fazer”, afirmou Pacheco. Para ser aprovado, Aras precisa de votos favoráveis de 41 dos 81 senadores. A votação é secreta. A análise na CCJ também foi secreta e apenas um dos parlamentares se opôs publicamente ao novo mandato do PGR, o senador Alessandro Vieira (Cidadania), que considerou a recondução de Aras como “mais uma demonstração do casamento de conveniência entre Bolsonaro, PT e Centrão” em publicação nas redes sociais.