Pacheco encaminha para a CCJ indicação de André Mendonça ao STF

Se aprovada na Comissão, a nomeação segue para o plenário e precisa de 41 votos favoráveis; data da audiência ainda não foi marcada

  • Por Jovem Pan
  • 19/08/2021 14h40 - Atualizado em 19/08/2021 15h48
Edu Andrade/Estadão ConteúdoAndré Mendonça foi indicado ao STF pelo presidente Jair Bolsonaro

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), encaminhou à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) a indicação de André Mendonça ao Supremo Tribunal Federal (STF). A mensagem presidencial foi publicada nesta quarta-feira, 18, pela Secretaria-geral da mesa do Senado. A data da sabatina, no entanto, ainda não foi marcada. Ex-advogado Geral da União, Mendonça é o nome denominado pelo presidente Jair Bolsonaro para a vaga de Marco Aurélio Mello no STF. Se aprovada na CCJ, a indicação segue para o plenário e precisa de 41 votos favoráveis. Durante a última sessão no Senado, parlamentares governistas cobraram Pacheco pelo andamento da indicação, que estava travada. Mendonça ainda deve enfrentar resistência do presidente da CCJ, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que é responsável por marcar a data da sabatina. Nesta quarta-feira, Pacheco também encaminhou para a CCJ a indicação de Augusto Aras à Procuradoria-Geral da República (PGR). A audiência foi marcada para o próximo dia 24.