Rosa Weber nega pedido da PGR para que notícia-crime contra Bolsonaro seja suspensa até fim de CPI

Noticia-crime foi apresentada pelos senadores Randolfe Rodrigues, Jorge Kajuru e Fabiano Contarato

  • Por Jovem Pan
  • 02/07/2021 00h03 - Atualizado em 02/07/2021 00h29
Antônio Cruz/Agência BrasilRosa Weber publicou decisão na noite desta quinta-feira

Na noite desta quinta-feira, 1º, a ministra Rosa Weber indeferiu o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para suspender até o fim da CPI da Covid-19 a notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) apresentada pelos senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Fabiano Contarato (Rede-ES) e Jorge Kajuru (Podemos-GO). A denúncia aponta um suposto crime de prevaricação cometido pelo mandatário. O pedido da PGR foi entregue ao Supremo Tribunal Federal – STF na última terça-feira, dia 29. “(…) Ante o exposto, indefiro o pedido para que “não se dê trânsito à petição”, porquanto direito de estatura constitucional, e determino a reabertura de vista dos autos à PGR, para que, oportunizando-lhe nova manifestação nos limites de suas atribuições constitucionais, adote as providências que julgar cabíveis”, diz a decisão.