TJ-RJ sorteia nesta segunda desembargadores que analisarão impeachment de Witzel

Cinco deputados eleitos pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) também vão compor o tribunal especial que definirá o destino do governador afastado

  • Por Jovem Pan
  • 28/09/2020 09h38 - Atualizado em 29/09/2020 08h11
Wilton Junior/Estadão ConteúdoAtualmente, Witzel está temporariamente afastado do cargo por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ)

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) sorteia nesta segunda-feira, 28, às 11h, os cinco desembargadores que vão participar do tribunal misto que analisará o pedido de impeachment do governador afastado do Estado, Wilson Witzel (PSC). O desembargador Claudio de Mello Tavares, presidente do TJ-RJ e do tribunal misto, presidirá a sessão do sorteio. Cada desembargador terá seu nome ligado a um número que corresponde à sua colocação na lista de antiguidade no Tribunal de Justiça. O sorteio será transmitido em tempo real nos canais do Tribunal no YouTube, no Facebook e no Instagram. Além dos desembargadores definidos neste segunda, cinco deputados eleitos pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) também vão compor o tribunal.

Para Witzel perder o cargo de forma definitiva, sete dos dez votos do tribunal especial que será formado devem ser favoráveis pela condenação. Na quarta-feira passada, dia 23, a Alerj encaminhou o afastamento de Witzel e autorizou a abertura de processo contra ele por crime de responsabilidade. Atualmente, Witzel está temporariamente afastado do cargo por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ele já foi denunciado duas vezes pelo Ministério Público Federal (MPF) por suspeitas de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

*Com Estadão Conteúdo