Senador Omar Aziz será relator da indicação de Jorge Oliveira ao TCU

Sabatina do ministro da Secretaria-Geral da Presidência está marcada para o próximo dia 20

  • Por Jovem Pan
  • 10/10/2020 11h00 - Atualizado em 10/10/2020 11h09
Antonio Cruz/ Agência BrasilJorge Antônio de Oliveira, ministro da Secretaria-Geral da Presidência, foi indicado por Jair Bolsonaro para cadeira no TCU

O presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, Omar Aziz (PSD-AM), será o relator da indicação do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, para a vaga no Tribunal de Contas da União (TCU). Para ser oficializado como integrante da Corte de Contas, Oliveira precisa de aval dos senadores. A sabatina de Oliveira está marcada para o próximo dia 20. O ministro foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para assumir a cadeira de José Múcio Monteiro, o atual presidente do colegiado.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), é hoje o principal articulador da aprovação de duas indicações consideradas cruciais para o Palácio do Planalto: a do desembargador Kassio Nunes Marques no Supremo Tribunal Federal (STF) e a do ministro Jorge Oliveira no TCU. As sabatinas e votações foram marcadas para a mesma semana entre um período de recesso branco dos parlamentares e as campanhas municipais.

A sabatina de Marques na Comissão de Constituião e Justiça (CCJ) terá a relatoria de Eduardo Braga (MDB-AM). O senador foi escolhido pela presidente da CCJ, Simone Tebet. Em nota, o senador disse que “relatar a indicação de um ministro do órgão máximo do nosso Poder Judiciário é um desafio que engrandece o MDB” e uma missão que está “pronto a cumprir com a agilidade, a seriedade e a imparcialidade necessárias à melhor condução do processo democrático.” As sabatinas na Comissão e no plenário da Casa estão agendadas para o próximo dia 21.

*Com Estadão Conteúdo