‘Bolsonaro fareja algo que vai vir com investigação profunda’, diz Constantino sobre criação de CPI da Petrobras

Comentaristas do programa 3 em 1, da Jovem Pan, debateram os esforços do governo em busca de assinaturas para instaurar uma comissão parlamentar de inquérito para investigar a estatal

  • Por Jovem Pan
  • 21/06/2022 17h51
Isac Nóbrega/PR Close em Jair Bolsonaro falando ao microfone em evento Bolsonaro busca alternativas para ajustar ou alterar a lei das estatais

Lideranças governistas trabalham para coletar as assinaturas necessárias para apresentar o requerimento de abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara dos Deputados para investigar a Petrobras. A reação de aliados do Palácio do Planalto, que busca conter a alta dos preços dos combustíveis, ocorre após a estatal reajustar as tarifas da gasolina e do diesel. Enquanto os congressistas discutem alternativas para ajustar ou alterar a Lei das Estatais, o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, disse em audiência no Congresso que o governo não pode interferir nos preços. O assunto foi tema no programa 3 em 1, da Jovem Pan, desta terça-feira, 21.

Para o comentarista Rodrigo Constantino, a criação de uma CPI é de extrema importância. Ele afirma que o presidente sabe ou está próximo de descobrir problemas na estatal. “Até pouco tempo diria que não era a favor da CPI. Eu não via espaço e era contra. Mas estão usando a empresa como bode expiatório. Depois entendi a angústia de Bolsonaro em relação à lucratividade estrondosa da Petrobras em uma situação muito atípica e delicada, com inflação e preço de energia alto no mundo todo. Achava que era uma tentativa de armar uma narrativa política para se eximir de culpa que o governo não tem. Mas o que mudou? Vi o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva dizendo que era contra essa CPI, já sabendo que o PT também tem feito esforço contrário, falando que é um absurdo a CPI. O presidente Bolsonaro já deu a entender que ele sabe de alguma coisa. Então, vou desconfiar que tem caroço nesse angu. Se o PT e o Lula estão tão receosos com a CPI, logo eles que amam uma, lembrando do petrolão, só posso imaginar que o presidente sabe alguma coisa ou fareja que algo vai vir com uma investigação profunda. Agora, desconfio que pode ter alguma coisa estranha acontecendo na empresa”, comentou.

Confira a íntegra do programa 3 em 1, da Jovem Pan, desta terça-feira, 21: