Pessoas não esquecerão dos escândalos de corrupção dos governos petistas, diz Ricardo Salles

Comentarista do programa 3 em 1 também disse que, independentemente dos processos contra Lula terem sido anulados, a população sabe que ele é culpado

  • Por Jovem Pan
  • 14/01/2022 17h59
WERTHER SANTANA/ESTADÃO CONTEÚDOComentarista analisou pesquisas e ressaltou que a população não esquecerá do aparelhamento da máquina pública visto no governo do PT

Duas novas pesquisas de intenção de votos divulgadas nesta sexta-feira, 14, mostram que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) continua com uma grande vantagem em relação aos demais candidatos. De acordo com a pesquisa realizada pela Revista Exame em parceria com o Instituto Ideia, Lula aparece com 41% das intenções de voto, enquanto o presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece na segunda posição com 24%. Sérgio Moro (Podemos) ocupa a terceira colocação, com 11% dos votos. Outros nomes da terceira via, como Ciro Gomes (PDT) e João Doria (PSDB) aparecem na sequência, com 7% e 4% das intenções de voto, respectivamente. O petista venceria todos os confrontos de segundo turno. Outro levantamento, feito pela XP/Ipespe mostra que o petista também tem uma grande vantagem contra Bolsonaro, somando 44% das intenções enquanto o atual presidente soma 24%.

Durante sua participação no programa 3 em 1, da Jovem Pan, o comentarista Ricardo Salles disse que apesar dos números das pesquisas, a população não esquecerá os escândalos de corrupção envolvendo os governos petistas e nem que Lula é culpado. “As pessoas estão prestando mais atenção, sabem o que está acontecendo, sabem quem foi que defendeu o ‘fecha tudo, fica em casa e a economia a gente vê depois’ e sabem também o histórico de corrupção, aparelhamento do estado e destruição da máquina pública que foram as administrações do PT e todos os escândalos a ela inerente. […] As pessoas não se esqueceram e não vão se esquecer tão fácil dos escândalos de corrupção e daqueles que se envolveram nos governos petistas e foram para a cadeia. Não importa se o processo do Lula foi anulado por questões processuais ou não, no mérito as pessoas sabem que ele é culpado”, afirmou Salles.

Confira o programa desta sexta-feira, 14: