‘Vai tomar chá com quem quer te engolir?’, diz Constantino após Fux cancelar reunião entre três poderes

Fux anunciou que desistiu de marcar reunião entre representante dos três poderes e mandou ‘mensagem’ a Bolsonaro no fim da sessão no STF nesta quinta-feira

  • Por Jovem Pan
  • 05/08/2021 18h23
Nelson Jr./SCO/STFFux cancelou reunião entre os três poderes

No final da sessão realizada nesta quinta-feira, 5, no Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente da Casa, Luiz Fux, anunciou que não vai mais organizar a reunião que pretendia fazer entre os chefes dos três poderes. “O pressuposto do diálogo entre os poderes é o respeito mútuo entre as instituições e os seus integrantes. Alertei o presidente da República em julho sobre os limites do exercício do direito da liberdade de expressão, bem como o necessário e inegociável respeito entre os poderes para a harmonia institucional do país”, afirmou em clara mensagem ao presidente Jair Bolsonaro.

O comentarista do programa “3 em 1”, da Jovem Pan, Rodrigo Constantino, há um “clima de guerra” “Não tem harmonia e independência entre os poderes quando “um dos lados se considera Supremo, quando se considera acima da própria constituição da qual deveria ser o guardião e quando age como um militante de oposição tentando derrubar o presidente. Não está subentendido isso, é escancarado. Quem finge que há uma normalidade institucional do país hoje está contribuindo como cúmplice”, opinou. Para ele, há um grupo de pessoas que desrespeitam a Constituição e mascaram intenções golpistas para que uma imagem de “normalidade” seja pintada às instituições. “Temos uma campanha contra o governo federal vindo daqueles que deveriam ser juízes constitucionais e foram colocados lá por uma quadrilha cujo chefe foi solto e tornado elegível. Não tem que ter diálogo mesmo, vai tomar um chá das cinco com quem quer te engolir? Claro que não”, disse.

Confira o programa “3 em 1” desta quinta-feira, 5, na íntegra: