Fernando Rocha comenta saída da Globo: ‘Sensação de que tinha caído de um caminhão’

Jornalista foi o convidado da edição desta terça-feira, 19, do programa De Tudo Um Pouco

  • Por Jovem Pan
  • 19/01/2021 23h02
Jovem PanFernando Rocha falou sobre sua saída da Globo

O jornalista Fernando Rocha comentou a sua saída da Rede Globo em 2019, depois de 30 anos na emissora dizendo que, depois de um tempo, entendeu que, apesar da situação não havia perdido suas qualidades e capacidade. O jornalista foi o convidado da edição desta terça-feira, 19, do programa De Tudo Um Pouco, que é exibido de terça à sexta no canal do Youtube da Jovem Pan Entretenimento e no Panflix às 21h. Ao detalhar o processo, ele disse que a saída aconteceu após uma conversa de três minutos e que sua história acabou virando um livro. “Eu sai da TV e a sensação que eu tive era de que eu tinha caído de um caminhão de mudança. Em três minutos você tem uma conversa e a vida que existia antes dessa conversa acabou. Tudo acabou. Quando chega 2020, eu entendi que o mundo também acaba caindo deste mesmo caminhão de mudança. Esta sensação de estar perdido, de não saber até onde vai essa escuridão. Isso serviu para que entendesse, como bom contador de histórias, eu tinha uma história para contar. Que eu poderia ajudar outras pessoas. A minha história acabou virando um livro”, disse Fernando.  O jornalista continuou, dizendo que, em situações como a que viveu, é necessário entender “o seu propósito”. “Quando você sai de uma empresa você pensa: ‘Qual é meu plano B?’. E eu não tinha. Quando você entende seu propósito. Quando você entende o que faz seu olho brilhar. Quando você entende que você perdeu só um emprego e não perdeu a autoestima, a criatividade e o poder de comunicação. Não perdeu suas qualidades. É só um crachá que foi embora”.

Em um quadro com a participação de entrevistados fora do programa, Fernando respondeu uma pergunta sobre padrões de beleza, na qual uma mulher questionava se ela deveria emagrecer ou ser feliz se alimentando do jeito que gosta. Em sua resposta, Fernando recomendou seu livro “Na Medida do Possível” e fez uma analogia com o entretenimento, falando no que é mostrado “no palco” e “nos bastidores”. “A gente hoje vive nas medidas e nos parâmetros do Instagram. A gente assiste o palco do Instagram comparando com o nosso bastidor. Mas a gente precisa saber que todo mundo que mostra o palco tem seu bastidor. Encontre a sua medida. É um desafio desse 2021. A gente ter essa perspectiva do nosso possível’ da nossa medida”, disse o jornalista.

Assista a íntegra do De Tudo Um Pouco desta terça-feira, 19: