Referência em teatro musical, Daniel Boaventura revela que não imaginava fazer sucesso

Ator e músico participou do quadro ‘No Caminho Te Explico’, do De Tudo Um Pouco, desta quinta-feira, 18

  • Por Jovem Pan
  • 19/02/2021 00h05
Reprodução/ YoutubeDaniel Boaventura passeia com Fred Ring no quadro 'No Caminho Te Explico'

Um dos maiores nomes do teatro musical brasileiro, Daniel Boaventura, participou nesta quinta-feira, 18, do quadro do De Tudo Um Pouco, o “No Caminho Te Explico”, no qual o apresentador Fred Ring e seus convidados conversam e cantam a bordo de um Volvo XC90. O ator, cantor e dublador revelou que não imaginava fazer sucesso em cima dos palcos. “Não sonhava em fazer musical, nunca tinha visto um. Mas em 1984 estreou ‘Os Cafajestes’, eu participei e foi um sucesso estrondoso, foi a primeira vez que eu vislumbrei que era possível viver de teatro. Claro que não é tão fácil, mas foi graças aos Cafajestes que eu pude vir para São Paulo e investir, tentar crescer aqui”, contou. Com 30 anos de carreira, Daniel nasceu em Salvador, mas se mudou muito pequeno para o Estados Unidos, onde passou 4 anos e disse ter sofrido quando voltou.

“Eu sofria bullying porque tinha morado nos EUA, me chamavam de americano e também com 12 anos, as meninas me pediam para cantar umas músicas e os meninos não gostavam disso, era meio freak”, disse. Iniciando sua vida na música com a banda Horas Vagas, o ator confessou que sua formação musical dependeu muito da banda. “Foi por causa deles que voltei a ouvir música brasileira. Toninho Horta, João Bosco que sou muito fã, comecei a ouvir jazz e etc. Havia uma urgência musical e cultural na Bahia, nos anos 80, incrível e não só na música, mas no teatro também. O Horas Vagas foi convidado para participar do musical chamado ‘Cinema Cantado’, eram 4 atores que ficavam à frente e a banda de fundo. Nós fazíamos a trilha”, conta sobre como começou nos musicais.

Com uma carreira consolidada no país, Daniel tem feito muito sucesso no México. Em 2018 ele gravou um DVD no país e tem mantido seus fãs fiéis fora dos domínios brasileiros. “Eu sempre quis uma carreira internacional, mas era realista em relação a isso. Era um trabalho constante. Estou cantando outro idioma, outro estilo, em um país que fala português. Eu deslumbrava tudo isso, mas não sabia que seria no México”, afirmou. No papo, o cantor ainda falou sobre Frank Sinatra, Elvis Presley e imitou Yoda, da saga Star Wars.

Confira abaixo o ‘No Caminho Te Explico’ com Daniel Boaventura: